A importância do Programa de Suporte ao Paciente para o diagnóstico

A importância do Programa de Suporte ao Paciente para o diagnóstico

Um dos temas mais comuns a cerca dos Programas de Suporte ao Paciente é a jornada do paciente e o apoio que esse tipo de iniciativa pode oferecer durante o tratamento. Entretanto, uma fase muito importante e que também necessita de atenção especial é o diagnóstico. E os PSPs também podem cumprir um papel significativo nesse momento.

O PSP faz parte da jornada do paciente. Com ele, é possível identificar o perfil do paciente e a fase em que ele está para que receba a informação que precisa, na hora certa e pelo canal de sua preferência. Isso faz com que cada paciente sinta que está recebendo um atendimento único e tenha uma melhor absorção da mensagem e consequente adesão.

É importante ressaltarmos que, quando se estuda a jornada do tratamento, também se estuda a doença em si. Como ela é diagnosticada, quais são as dificuldades de diagnóstico, qual é o protocolo recomendado para o tratamento, se vai além do medicamentoso, quais os desafios dos pacientes etc.

A partir do entendimento de todos esses fatores é que os serviços de um PSP devem ser compostos.  Hoje, vamos falar um pouco mais sobre a importância desse tipo de programa para o diagnóstico.

O processo do diagnóstico

Depois de apresentar alguns sintomas e começar a suspeitar de que é preciso investigar a causa deles, o paciente busca atendimento médico e então se inicia a caminhada para encontrar o diagnóstico correto.

Dependendo da doença, pode ser que ele tenha dificuldade de explicar os sintomas e pode até se sentir incompreendido durante esse processo. Um exemplo é o caso das doenças raras, em que pacientes consultam, em média, mais de 7 médicos antes de receber um diagnóstico preciso, de acordo com pesquisa do Journal of Rare Disorders (JRD).

Se o paciente utiliza o sistema público de saúde, então, esse pode ser um momento ainda mais desafiador com demora para conseguir atendimento, consultas muito rápidas e dificuldade de encaminhamento para um especialista.

O paciente pode passar dias, semanas, meses ou até anos no processo de diagnóstico.

Isso porque os sinais e sintomas podem estar associados a diversas condições e os exames são meios de confirmá-las ou eliminá-las. Os exames podem variar desde os mais simples e corriqueiros como o hemograma, até outros mais caros e complexos ou mesmo incômodos aos pacientes.

No SUS, os exames podem não estar disponíveis ou demora-se um tempo para realizá-los. Para pacientes que realizam o desembolso, é possível se deparar com exames caros, tornando o diagnóstico ainda mais difícil em alguns casos.

Além disso, em casos em que a manutenção e o controle da doença são contínuos ou, até mesmo, quando é necessário fazer algum ajuste de dosagem de medicação, é provável que o médico solicite mais exames e todo esse processo acaba se repetindo.

A presença de um Programa de Suporte ao Paciente pode ser muito valiosa para facilitar toda essa fase da jornada para o paciente.

O desafio do acesso

O acesso ao tratamento, no Brasil, ainda é um desafio. É comum que, quando esse serviço está disponível, o paciente precise de submeter a uma série de exames para retirá-los gratuitamente.

No caso do SUS, o paciente precisa apresentar os exames exigidos no Laudo de Medicamentos Especializados (LME). Por meio dele são estabelecidos os critérios de inclusão e exclusão do tratamento medicamentoso fornecido nas farmácias de alto custo.

Isso quer dizer que o paciente só será incluso no programa de fornecimento de medicamento do Ministério da Saúde após apresentar a LME e todos os documentos em conformidade com o protocolo para doença no SUS.

O PSP pode agilizar todo esse processo que pode demorar muito e, consequentemente, prejudicar a efetividade, o início e a continuidade do tratamento.

A InterPlayers oferece soluções especializadas e conta com serviços de operação logística para envio de materiais e parcerias com laboratórios de análises clínicas, porque muitos programas oferecem aos pacientes a possibilidade de diagnóstico e a realização de exames ao longo do tratamento para acompanhamento da doença.

Além disso, também contamos com toda estrutura e expertise do Hub de Negócios da Saúde e Bem-Estar, que diferencia a nossa entrega de valor para o mercado e aqueles que estão dispostos a cuidar do paciente de forma integral, gerando uma experiência positiva ao longo dessa jornada.

Saiba mais sobre as nossas soluções de serviços ao paciente!

 

Compartilhe

Talvez você goste também
Atendimento no PDV transformado com o Varejo 4.0

Varejo 4.0: transformando a experiência no PDV e gerando valor para a Indústria Farmacêutica

A Interplayers está constantemente à frente das principais t...
Gestão de Equipes: executivos fechando negócio de sucesso

Ponto Extra: gestão de equipes para uma estratégia comercial vencedora

Em um mercado tão dinâmico e regulado quanto o da indústria ...
Saúde digital e telemedicina

Telemedicina e Saúde Digital: as soluções da Interplayers

Nos últimos anos, o setor de saúde tem testemunhado uma impo...

Assine nossa Newsletter

Fique por dentro das novidades do mercado de saúde e bem-estar.

Categorias
Varejo Farma
Saúde Suplementar
Saúde Corporativa
Pacientes
Mercado & Tendências
Médicos
Laboratórios Clínicos
Institucional
Indústrias
Distribuidores
Clínicas e Hospitais

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência. Para mais informações, consulte nossa Política de Privacidade. Ao clicar em aceitar, você concorda com todos os cookies.