Atendimento Home Care: a importância de acompanhar o paciente de perto

A pandemia do covid-19 pegou o mundo de surpresa, provocando diversas mudanças em nossos hábitos e transformações em diversos setores do mercado, incluindo o de atendimento médico, como o crescimento da modalidade de home care.

Segundo Núcleo Nacional de Empresas de Serviço de Atenção Domiciliar (Nead), o número de pacientes atendidos por essa modalidade no Brasil cresceu 35% durante a pandemia em 2020 .

Traduzindo de forma adaptada para o português, home care significa o ato de prestar serviços de saúde na casa do paciente. No Brasil, a prática ganhou espaço a partir dos anos 1990 como uma alternativa ao modelo essencialmente baseado na assistência hospitalar de atenção à saúde.

O serviço prestado nessa modalidade é feito por uma equipe multidisciplinar, que pode variar de acordo com as necessidades do paciente. Dessa forma, estão inclusos serviços como consultas, exames, aplicação de medicamentos e, em casos mais graves, internação domiciliar.

Esse é um serviço indicado para pacientes que tenham uma condição clínica estável e que consigam fazer o acompanhamento em casa. Geralmente, esses serviços são indicados para pacientes crônicos com alguma dificuldade de mobilidade/locomoção.

O home care é um serviço personalizado que visa atender as necessidades de cada paciente. Dessa forma, esse tipo de atendimento vem sendo cada vez mais utilizado dentro dos Programas de Suporte ao Paciente, com o objetivo de apoiar cada vez mais as suas necessidades específicas.

 

Quais as principais vantagens de ter o home care em um Programa de Suporte ao Paciente?

As vantagens do atendimento home care estão muito atreladas com o principal objetivo dos Programas de Suporte ao Paciente, oferecer apoio contínuo ao tratamento visando proporcionar uma melhor qualidade de vida para os pacientes.

Para garantir esse apoio e engajamento do paciente, cada vez mais, observamos as indústrias utilizando o conceito do Patient Centricity, uma estratégia que visa oferecer um atendimento humanizado e completo.

Para o conceito de patient centricity o tratamento de uma doença não é limitado apenas ao uso correto dos medicamentos. São necessárias muitas vezes mudanças de hábitos, realização de autocuidado e acompanhamento diário para garantir um melhor bem-estar ao paciente.

Por isso, em muitos casos, os pacientes contam com uma equipe multidisciplinar que possuem profissionais de diferentes áreas como médico especialista, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta, preparador físico, etc.

E o home care possui um papel importante para assegurar que os pacientes tenham acesso a esses profissionais para apoiar no tratamento correto no dia a dia. Ele possibilita o acompanhamento do tratamento do paciente muito mais de perto, com orientações personalizadas de acordo com suas necessidades e rotina.

A InterPlayers é o hub de negócios da saúde e bem-estar. Entendemos os principais desafios dos programas de pacientes e oferecemos as melhores soluções integradas para atender as suas necessidades.

Venha conhecer mais detalhes sobre as soluções de Serviços ao Paciente da InterPlayers!

Compartilhe: